Carrinho de compras
Seu carrinho está vazio

Central de
Atendimento

0

Até 40% OFF

Open House Joelma

5% de desconto

pagando com PIX

Pague com cartão

em até 10x* s/ juros

Loja da fábrica

Decorando desde 1974

Embalagem resistente

+ segurança na entrega

01/08/2022

Qual a diferença entre Abajur, Luminária, Lustre, Pendente e Arandelas?

 

 

Hoje em dia há uma diversidade enorme quando o assunto é a iluminação da casa. Tem iluminação direta, indireta e difusa. Lâmpadas de todos os jeitos e para todos os gostos, incandescente, fluorescente e de led. Também não é permitido esquecer da temperatura que pode ser quente ou fria.

Pois bem, um projeto de iluminação deve ser pensado exclusiva e carinhosamente para cada cômodo da casa considerando fatores importantes como a finalidade do espaço, a iluminação natural do próprio ambiente e a frequência de uso. E o melhor de tudo é pensa-lo decorando, por isso, segue aí algumas dicas para iluminação funcional com um toque de requinte e bom gosto para o seu espaço. 😉

Começaremos por uma das peças mais tradicionais da iluminação que sempre foi uma aliada da decoração, o Lustre.

O Lustre é aquela peça que chama atenção, normalmente por ter muitas ramificações para que se possa colocar diversas lâmpadas. Antigamente essa peça era feita de metal, mas hoje você pode encontrar no mercado diversos modelos de cristal e até mesmo ABS. Essa peça é imponente e ideal para salas de estar, de jantar e cozinha. Está associada a decorações do estilo clássico e provençal pela robusteza que as diversas ramificações proporcionam.

Pendentes, a simplicidade que encanta.

Uma versão mais simplificada dos Lustres são os pendentes, mas não se engane, é uma versão simplificada por não possuir tantos braços de luz quanto o Lustre, mas não deixa em nada a desejar com relação a presença e ao encanto. Um material super em alta atualmente são os pendentes de ferro aramado. Ficam lindos presos ao teto em cima de balcões de cozinha e na área gourmet.

Uma outra opção de iluminação para dar um charme no seu decor é o famoso abajur.

Não é exagero quando eu digo que existe uma infinitude de materiais para se fazer abajur, e, por isso, ele é uma das peças mais conhecidas. Com toda certeza, independente de qual seja o seu estilo, você vai encontrar um abajur para chamar de “seu”. Tem abajur de cerâmica, vidro, rattan, plástico, madeira, ferro e por aí vai...

Outro detalhe importante do abajur é que ele está, na maioria das vezes, acompanhado pela cúpula, graças a ela é possível ter uma iluminação indireta. E é por esse motivo que o abajur é a aposta ideal para quartos e salas, pois a iluminação indireta é menos agressiva, ideal para descanso e para leituras.

Luz direcionada com as luminárias.

Já as luminárias são ideais para direcionar a luz, pois não necessitam de uma cúpula, ou seja, com esse produto temos a luz direta. Ela é ideal para escritórios e mesas de home office onde seja necessário maior concentração. Além disso, é possível encontrar luminárias de diversos estilos e materiais também. Algumas são até flexíveis, o que possibilita direcionar a luz.

A agora as arandelas.

E por último, mas não menos importante, vamos falar sobre a arandela. A arandela é a “luminária que fica presa na parede”, embora ela não consiga proporcionar muita luz ao ambiente, seu charme é exatamente esse, ser um ponto de luz focado. Inicialmente era muito utilizada em decorações clássicas, mas por conta da diversidade de modelos e materiais, foi conquistando espaço em vários estilos de decoração.